É de Serpa que vem o queijo amanteigado do Alentejo que adoramos

É de Serpa que vem o queijo amanteigado do Alentejo que adoramos
Produzido por:
Brand Story

Parece que se derrete na boca, mas na realidade somos nós que nos derretemos ao degustar um bom queijo de Serpa DOP. Uma experiência divinal, sem igual em todo o mundo - e uma das que nos orgulha enquanto portugueses.

Somos uns privilegiados. No nosso país há uma imensa variedade de queijos de Denominação de Origem Protegida (DOP), cujo sabor não encontra rival. São típicos, únicos - e só nossos, ponto final. São o resultado do saber fazer que tem passado de geração em geração, e das características geográficas e climatéricas de uma certa região. Faltando um dos ingredientes - seja o leite, ou a região onde pastam os animais que lhe dão origem -, não é possível produzi-los.

O queijo de Serpa DOP é exemplo disso: uma verdadeira tentação alentejana, produzido a partir do leite cru de ovelhas que pastam nas infinitas planícies da região. São as propriedades das terras quentes de Serpa que tornam este queijo inconfundível.

De pasta semimole, amanteigada, o queijo de Serpa DOP oferece um bouquet, limpo, de média intensidade e com algumas notas de sal. A sua textura na boca é cremosa, homogénea e fundente. Uma delícia, que orgulha não só o Alentejo como todo o país.

E quando falamos em queijo de Serpa DOP temos de destacar a Queijaria Guilherme, um negócio familiar de gentes de Serpa, que por amor a esta iguaria decidiu continuar a tradição da terra e começar a produzir um queijo que já tem sido premiado diversas vezes. É assim que surge o Queijo de Serpa DOP Continente Seleção, que a Queijaria Guilherme começou a produzir em 2001. Anualmente, regista uma produção de 40 toneladas de queijo, e é fácil perceber porquê: é que ninguém resiste ao Queijo de Serpa DOP Continente Seleção.

Além do leite, recolhido 100% de explorações agrícolas da região demarcada, outro dos ingredientes essenciais é o cardo vegetal, cuja infusão enaltece o sabor do Queijo de Serpa DOP Continente Seleção. Para chegar ao sabor que adoramos, o Queijo de Serpa DOP Continente Seleção precisa de maturar durante um período mínimo de 35 dias na queijaria, em ambiente fresco e húmido. Já em nossa casa, antes de degustar o Queijo de Serpa DOP Continente Seleção devemos retirá-lo do frigorífico cerca de 1 hora antes e só consumir cerca de cinco minutos após o seu corte, permitindo assim libertar os compostos aromáticos que o caracterizam.

Pelo seu sabor e aroma, o Queijo de Serpa DOP Continente Seleção é ideal para uma refeição ligeira ou como aperitivo de uma refeição principal, sendo as suas propriedades potenciadas quando acompanhado por um vinho branco das regiões do Dão ou Douro.

E agora, já foi buscar o pão alentejano ou as tostas para se deliciar com o seu o Queijo de Serpa DOP Continente Seleção?

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG