Exposição no Museu de Lamego mostra a beleza de (re)construir

Exposição no Museu de Lamego mostra a beleza de (re)construir
Produzido por:
Brand Story

Em construção. Projeto fotográfico de Paula Pinto" é uma coletânea dos melhores registos das obras que ocorreram no Museu. O público pode encontrar estas fotografias na sala de exposições temporárias.

Como se (re)constrói um museu? Quais são as forças necessárias para entregar ao público um espaço onde se sinta acolhido e no qual pode mergulhar livremente na arte e história? E que valor estético existe na camaradagem? As respostas a estas perguntas estão na nova exposição do Museu de Lamego. Um ano depois do início das obras de reabilitação, a instituição apresenta uma exibição artística que, tal como a empreitada, foi feita a pensar em todos.

"Em construção. Projeto fotográfico de Paula Pinto" é um conjunto de fotografias que, mais do que belas, nos transportam para o trabalho de muitas mãos que, juntas, se esforçaram para aproximar o Museu de Lamego cada vez mais de quem o mantém vivo: as pessoas.

A exposição exibe o que normalmente se esconde do olhar dos visitantes, com o objetivo de mostrar um museu em diálogo com a comunidade. Do olhar singular de Paula Pinto e dos seus dotes com a câmara fotográfica resultou uma seleção emocional dos momentos mais marcantes das obras feitas no espaço.

A artista, que também é técnica do Museu de Lamego e responsável pela gestão de coleções e conceção de conteúdos gráficos de comunicação e divulgação, usou as suas imagens para desenvolver uma conexão íntima com o observador. "Em construção. Projeto fotográfico de Paula Pinto" é, assim, um diário visual do que fez, viu e sentiu durante a reabilitação do museu.

As obras, que são o centro desta exposição, motivaram o encerramento do Museu de Lamego, em 2021. Foram realizadas no âmbito da Operação "Museu de Lamego. Museu para Todos", em parte financiada pelo Programa Operacional Norte 2020. Desde o início até à fase final, em que os trabalhos atualmente se encontram, a finalidade foi melhorar as acessibilidades físicas do edifício. Para tal, foi instalado um elevador e as coberturas e caixilharias foram totalmente recuperadas. A conclusão da empreitada está prevista para o final deste ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG