Lidl já escolheu os 10 projetos do "Mais Ajuda"

Lidl já escolheu os 10 projetos do "Mais Ajuda"
Produzido por:
Brand Story

Vencedores da segunda edição do programa de impacto social, este ano direcionada para a criação de novas respostas ao apoio aos idosos, foram anunciados na quinta-feira de manhã na sede do Lidl

A segunda edição do programa "Mais Ajuda", uma parceria do Lidl com as rádios Renascença, RFM e Mega Hits, com o apoio da Beta-i, despertou bastante a atenção das IPSS e startups, que, tal como no primeiro ano, apresentaram mais de 730 candidaturas aos fundos recolhidos na campanha natalícia (26 de outubro a 31 de dezembro) nas lojas da marca alemã.

O processo de seleção foi moroso e após uma rigorosa análise, o júri - composto por Diogo Teixeira (CEO e cofundador da Beta-i), Filipe Almeida (presidente da iniciativa Portugal Inovação Social), Isabel Figueiredo (adjunta do presidente do Grupo Renascença Multimédia), Luís de Melo Jerónimo (diretor Social Cohesion Programme da Fundação Calouste Gulbenkian) e Vanessa Romeu (diretora de Comunicação Corporativa do Lidl Portugal) - elegeu os 20 projetos que mais se destacaram, dando-lhes a oportunidade de apresentarem as ideias e responderem a questões.

Esta quinta-feira de manhã, na sede do Lidl, via "streaming", foram anunciados os dez vencedores: cinco IPSS e cinco startups, que terão ao dispor 33 300 euros para implementarem programas dirigidos aos idosos.

"Este ano o nosso foco foi a terceira idade, que tem sofrido muito com este contexto pandémico. Encontrámos um grupo com projetos muito coesos e bem sustentados e com potencial para ajudar diferentes valências da nossa sociedade. Os idosos têm um peso muito grande, representam 24% da população. Cerca de 42 mil idosos vivem sozinhos ou em situação de vulnerabilidade. É essencial olharmos para esta franja mais frágil da sociedade e tentarmos encontrar novas soluções para os problemas de sempre", salientou Vanessa Romeu.

André de Azevedo Aragão, secretário de Estado da Inovação Digital, e Rodrigo Cunha, coordenador do Instituto Multidisciplinar do Envelhecimento, também participaram no evento. "Temos, por um lado, a generosidade da nossa ação social, que serve a população mais vulnerável, e por outro toda a criatividade de vitalidade que o empreendedorismo pode trazer, inovando e reinventando novas soluções para velhos problemas", realçou o membro do Governo.

Os 10 vencedores:

IPSS
AMARA - Associação pela Dignidade na Vida e na Morte -
Programa psicoeducativo de suporte a cuidadores informais para minimizar riscos psicossociais e fisiológicos nos idosos.
RUTIS - Associação Rede de Universidades da Terceira Idade - O projeto Universidade Sénior Virtual 3.3 debruça-se sobre a formação da população sénior e promoção da vida ativa.
Centro Social e Paroquial de Meães do Campo - O projeto "Quinta dos Avós" aposta na agricultura biológica e na interação com o meio rural e animal.
Cruz Vermelha Portuguesa - O programa de Apadrinhamento entre jovens e seniores pretende combater à exclusão social.
Misericórdia da Pampilhosa da Serra - O projeto Rádio Sénior é uma ferramenta de intervenção ocupacional dando "voz" aos idosos.

STARTUPS
Associação 55 Mais - Plataforma humana de base tecnológica, através da oferta de serviços comunitários (jardinagem, reparações, entre outros) prestados por pessoas com mais de 55 anos.
Associação Juvenil Transformers - O projeto "Escolas de Superpoderes" é dirigida à população mais idosa e pretende a dinamização de aulas semanais de diferentes talentos.
Careceiver - Um grupo de enfermeiros portugueses pretende criar uma aplicação que visa a simplificação do processo de patilha de informações vitais entre a rede de cuidadores informais.
Seniorbiz (Simplio) - Plataforma digital de acompanhamento/organização de cuidados prestados a idosos por estruturas residenciais.
Wisify Tech Solutions - Desenvolvimento de uma tecnologia digital que permite a avaliação preventiva da sarcopenia (desnutrição e perda de massa muscular).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG