LIDL lança novo programa "Mais Ajuda" em dezembro

LIDL lança novo programa "Mais Ajuda" em dezembro
Produzido por:
Brand Story

Campanha de recolha de fundos decorre no período natalício e verbas serão entregues a IPSS e startups que desenvolvam projetos de impacto social.

O Lidl volta a fazer a diferença com a promoção de uma campanha de angariação de fundos para o novo programa solidário "Mais Ajuda", iniciativa que arranca esta segunda-feira, dia 2, em todas as lojas. No âmbito da política de responsabilidade social, com o Movimento "Mais para Todos" (2014/2015), a "Promoção do Bem" (2016/2017) e o "Bolo Rei de Sonho" (2018), a empresa alemã doou mais de três milhões de euros a 127 instituições de solidariedade social (ver caixa), tais como a Refood, o CASA e a Associação Nuvem Vitória, beneficiando diretamente milhares de pessoas.

Em 2019, o Lidl aliou-se às rádios Renascença, RFM e Mega Hits para promover o programa "Mais Ajuda", cuja missão é estimular o empreendedorismo, convidando IPSS e startups a desenvolverem projetos de impacto social. A ação foi estabelecida em parceria com a Beta-i, empresa com 10 anos de experiência no fomento do empreendedorismo e inovação a nível internacional e com um percurso de sucesso no desenvolvimento e consolidação de um ecossistema de inovação, que se une, agora, ao apoio a esta causa.

Nas lojas, a campanha decorrerá de 2 a 31 de dezembro e o consumidor, para contribuir, só terá adquirir de produtos da gama "Deluxe". Por cada talão de compras com artigos desta marca exclusiva do Lidl, 20 cêntimos serão entregues aos projetos selecionados ao abrigo do programa "Mais Ajuda", para que estes possam desenvolver e implementar novas soluções de apoio social, bem como desenvolver e aprofundar boas práticas junto do terceiro setor.

Neste primeiro ano, a empresa alemã pretende que as IPSS, ou equiparadas, candidatas aos fundos apresentem projetos que tenham como beneficiárias as crianças. Às startups é pedido que demonstrem o impacto social nos objetivos traçados.

As inscrições para acederem às verbas do "Mais Ajuda" abrem em janeiro de 2020, após o apuramento do montante amealhado no âmbito da campanha natalícia. As candidaturas serão analisadas por um júri e os projetos vencedores serão relevados posteriormente.

Movimento Mais Para Todos

2014/15 - 1.029.054.40 € (54 instituições)

2015/16 - 1.075.000.00 € (62 instituições)

Promoção do Bem

2016/17 - 368.000 € (5 instituições)

2017/18 - 406.000 €​​​​​​​ (5 instituições)

Bolo-Rei DE SONHO

2018/19 - 146.317 €​​​​​​​ (1 instituição)