Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa voltam a apoiar as entidades sociais portuguesas

Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa voltam a apoiar as entidades sociais portuguesas
Produzido por:
Brand Story

Decorre até ao próximo dia 30 de setembro o período de candidaturas para a XVII edição dos Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa, uma iniciativa com larga tradição em Portugal e que premiou em 2020 cinco entidades sociais portuguesas com um total de 56 mil euros.

Este ano vão ser valorizadas as iniciativas sustentáveis que contribuam para a transição energética. A Fundación mantém a dotação de 500 mil euros para entregar aos projetos vencedores, aumentada na edição anterior devido à situação de crise sanitária e social provocada pela pandemia. As entidades sociais que pretendam participar podem apresentar os seus projetos através da página https://fundacion.cepsa.com/pt/premios-ao-valor-social.

Cláudia Soares-Mendes, Portugal Marketing & Communication Manager da Cepsa, destaca que "nos últimos anos os Prémios ao Valor Social da Fundación Cepsa permitiram que diversas entidades sociais portuguesas concretizassem os seus projetos e assim ajudassem grupos mais vulneráveis. Esta ligação com as comunidades é um valor do qual a Cepsa não abdica. E este ano, face à pandemia, voltamos a aumentar a dotação dos prémios, reforçando o nosso compromisso social. A aposta em projetos relacionados com a transição energética pretende garantir um futuro mais sustentável para a nossa sociedade e está alinhada com os valores da empresa. As candidaturas prosseguem ate ao dia 30 de setembro. Convidamos todas as entidades sociais a apresentarem os seus projetos".

Os Prémios ao Valor Social têm como objetivo reconhecer e promover diferentes projetos sociais que promovam a inclusão e a qualidade de vida de pessoas ou grupos mais desfavorecidos.

A Fundación Cepsa decidiu ampliar o foco de atuação para iniciativas sustentáveis que contribuam para a transição energética. Desta forma, os diferentes júris vão valorizar de forma positiva, embora não com carácter de exclusão, os projetos que, para além de apoiarem grupos vulneráveis, tenham em consideração a promoção das energias renováveis, a eficiência energética, a mobilidade de baixas emissões, a proteção da biodiversidade ou a divulgação no combate às alterações climáticas, entre outros aspetos.

Nesta nova edição, a Fundación Cepsa vai manter a dotação excecional de 500 mil euros para distribuir entre os projetos vencedores, valor que já em 2020 foi aumentado em 100.000 euros face aos anos anteriores. Este reforço permite distribuir um máximo de 15 mil euros por projeto vencedor. Desde 2005, esta iniciativa já permitiu o desenvolvimento de 385 projetos que permitiram melhorar a qualidade de vida de cerca de 60 mil pessoas.

Nestes prémios podem participar projetos sociais desenvolvidos em Portugal, Madrid, Canárias, Huelva e Campo de Gibraltar (Espanha), Colômbia e Brasil, zonas geográficas nas quais a Cepsa tem uma atividade relevante e laços estreitos com a comunidade.

PUB

A Fundación Cepsa reconhece através destes prémios o trabalho social de diferentes entidades que trabalham para melhorar a qualidade de vida de grupos muito diversos: pessoas em situação de vulnerabilidade social, desempregados, doentes, pessoas com diversidade funcional, grupos étnicos, infância, jovens e adolescentes, idosos ou vítimas de violência de género, entre outros.

Em dezembro será anunciada a decisão de cada um dos júris locais, com a participação de representantes institucionais ligados ao campo da ação social. Posteriormente, os colaboradores da Cepsa irão escolher os cinco projetos vencedores.

Advertisement

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG