Tap

Pilotos da TAP mantêm greve em Dezembro e Janeiro

Pilotos da TAP mantêm greve em Dezembro e Janeiro

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil, que esteve reunido, esta quarta-feira, com a administração da TAP, mantém os oito dias de greve, anunciados para Dezembro e Janeiro, disse fonte sindical.

"O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) mantém a greve nos moldes em que foi anunciada", afirmou à Lusa fonte oficial do sindical, escusando-se a acrescentar mais pormenores, nomeadamente a referir o que foi discutido durante o encontro com a administração da companhia aérea.

A Lusa também contactou a TAP, que não prestou declarações.

A 15 de Novembro, o SPAC decidiu, em assembleia-geral, avançar com dois períodos de quatro dias de greve.

O primeiro período compreende os dias 9, 10, 11 e 12 de Dezembro e o segundo, os dias 3, 04, 5 e 6 de Janeiro de 2012.

Num comunicado divulgado na altura, o SPAC afirmava que os pilotos tinham optado pelo recurso à greve "para exigirem à administração [da TAP] o cumprimento das normas do Acordo de Empresa e a reposição de um clima laboral que reponha a equidade no tratamento entre pilotos e chefias".

Os pilotos, acrescentava o sindicato, tomaram esta decisão para "exigir" ao Governo o seu envolvimento no processo de privatização da companhia aérea tal como previsto no acordo celebrado em 1999, reivindicando também que lhes seja concedido o "acesso à informação necessária para possa ser feita uma avaliação independente da empresa".

Entretanto, o pré-aviso de greve já foi entregue.

A última greve convocada pelo SPAC durou dois dias e decorreu em Setembro de 2009.

Na altura, a TAP disse que a paralisação tinha provocado o cancelamento de 52 voos, enquanto o sindicato falou em 130 voos cancelados.

A companhia aérea explicou a diferença de número com o facto de o SPAC não contabilizar os voos da TAP fretados, bem o reencaminhamento de passageiros para voos de outras companhias com as quais a transportadora portuguesa tem acordos.

A greve de 2009 teve um impacto nas contas da TAP na ordem dos 10 milhões de euros, segundo dados avançados na altura.

Outros Artigos Recomendados