PROCURA UMA EMPRESA?

PESQUISE POR NOME, NIF OU MARCA, GRATUITAMENTE!

Relatórios de todas as empresas portuguesas

E.coli

Portugal recebe 5 milhões por danos causados pela E.coli

Portugal recebe 5 milhões por danos causados pela E.coli

Portugal receberá cinco milhões de euros em compensações da União Europeia, que somou 17 milhões suplementares aos 210 milhões já prometidos a alguns países europeus pelos danos causados pela epidemia da bactéria E.coli.

A verba suplementar permite à Comissão Europeia cobrir a totalidade dos pedidos de compensações, sublinha o Executivo, em comunicado. Dos 227 milhões de euros que Bruxelas atribuiu em compensações pela epidemia, Espanha recebe 70,97 milhões, a Polónia 46 milhões, Itália 34,6 milhões, a Holanda 27,18 milhões, a Alemanha 16 milhões, a Bélgica 3,6 milhões e França 1,6 milhões.

A Comissão garantiu aos comerciantes lesados compensações de pelo menos 50% dos preços dos legumes retirados do mercado, com base nos preços dos últimos quatro anos. Os que estiverem integrados em organizações de produtores (cerca de 35% dos produtores europeus) vão beneficiar de mecanismos de compensação suplementares, até 70% das perdas.

A bactéria E.coli matou 50 pessoas na Alemanha e uma na Suécia. Ignorando inicialmente a origem da epidemia, as autoridades alemãs tinham lançado um alerta sobre lotes de pepinos espanhóis e desaconselhou o consumo de pepinos, tomates e saladas.

Finalmente, a fonte da virulenta e mortífera bactéria foi identificada em sementes germinadas importadas do Egipto.