Coronavírus

Portuguesa "Adegga" finta cancelamento da maior feira de vinhos mundial

Portuguesa "Adegga" finta cancelamento da maior feira de vinhos mundial

A empresa portuguesa "Adegga" reagiu de forma proativa ao cancelamento da Prowein, a maior feira de vinhos do mundo, decidido como consequência do surto do novo coronavírus.

A Prowein, a maior feira de vinhos à escala mundial, iria decorrer em Dusseldorf, Alemanha, nos dias 16 e 17 de março. Mas, devido às medidas de contenção do Covid-19 na Europa, teve de ser cancelada, sem haver para já nova data marcada. Face ao cancelamento, a empresa portuguesa "Adegga", que iria participar no evento, lançou uma plataforma online e um evento exclusivamente digital para apoiar os produtores afetados e permitir que estes apresentem as suas novidades a potenciais compradores, importadores e outros destinatários da feira cancelada.

Através da campanha "Portugal Wine Week", os produtores de vinhos portugueses vão poder apresentar a prata da casa através de entrevistas transmitidas mundialmente através do serviço digital de streaming. O acompanhamento do evento poderá ser feito nas contas de Facebook e YouTube da empresa.

"O adiamento súbito da Prowein é um problema sério para muitos dos produtores de vinho portugueses que fazem uma boa parte dos seus negócios anuais na maior feira internacional do setor. Assim que recebemos esta notícia, discutimos diversas ideias para mitigar o impacto na indústria portuguesa, utilizando canais digitais e meios modernos para juntar profissionais e consumidores, algo que o 'Adegga' já faz há mais de 10 anos", referiu André Ribeirinho, co-fundador do "Adegga e Wine Educator".

Outras Notícias