Automóveis

Portugueses são fiéis ao Renault Clio. Mercedes vem logo a seguir

Portugueses são fiéis ao Renault Clio. Mercedes vem logo a seguir

Nada parece quebrar a preferência dos portugueses pelo Renault Clio.

O utilitário voltou a ser o modelo mais comprado em Portugal em 2019 e renovou a liderança conseguida há vários anos, segundo os dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP). As marcas francesas ficaram com sete dos dez carros ligeiros de passageiros mais vendidos no último ano.

Os portugueses compraram 10 649 unidades do Renault Clio, que tem um preço-base de 15 705 euros e que representou 4,8% do mercado de ligeiros em 2019. Este foi o modelo mais comprado no ano passado, apesar de as vendas terem baixado 21,6%. O Clio representou um terço das vendas da marca francesa em Portugal: foram matriculados 29 014 veículos com esta insígnia, menos 7,1% em comparação com 2018. Ainda assim, a Renault liderou a tabela de vendas em Portugal, com uma quota de mercado de 12,96%.

O segundo modelo mais vendido é o único representante alemão na tabela e custa pelo menos 26 600 euros. O Mercedes Classe A aparece pela primeira vez no pódio dos mais vendidos em Portugal, com 7830 unidades registadas pela ACAP. "Das vendas deste modelo, 60% foram para empresas. Nos particulares, atraímos o público mais jovem, entre os 25 e os 40 anos, graças à aposta no sistema interativo MBUX e num design mais apelativo", justifica fonte oficial da marca ao JN/Dinheiro Vivo.

Este foi o melhor ano de sempre para o modelo de acesso da Mercedes em Portugal, com um crescimento nas vendas de 38,1% face a 2018. O Classe A representou 47,2% das vendas de ligeiros de passageiros da marca de Estugarda e conseguiu reforçar o terceiro lugar no ranking de vendas português.

dois suv nos preferidos

O Renault Captur é um dos dois representantes dos SUV nos modelos mais vendidos e ficou com a terceira posição. Foram registadas 7370 unidades deste veículo, um acréscimo de 7,8% na comparação com os dados de 2018.

O único representante de Itália nos dez primeiros é uma entrada nova. O Fiat Tipo ficou com a quarta posição e é muito conhecido nas estradas portuguesas por ser muito procurado pelos motoristas de plataformas como a Uber. Houve 5953 matrículas deste utilitário, mais 75,7% face a 2018.

O Citroën C3 ficou com a quinta posição, com 5709 unidades, mais 10,7% do que em 2018. Peugeot 208, Renault Mégane, Peugeot 2008 e Peugeot 308 ocupam os quatro lugares seguintes. A tabela dos dez mais vendidos é fechada pelo Ford Focus, que regista o melhor lugar dos últimos anos.

Somados, os dez modelos mais vendidos acumularam 63 126 matrículas, o que corresponde a 28,2% do mercado de carros ligeiros de passageiros (223 799 unidades). Em 2019, o mercado automóvel português recuou 2%: foram registados 267 828 veículos.

Campeões de vendas que agora não convencem

Considerado um dos modelos mais bem-sucedidos dos últimos anos em Portugal, o Nissan Qashqai desapareceu do topo das escolhas em 2019. O carro japonês deixou de pertencer à lista dos dez carros mais comprados, depois de ter ocupado o segundo lugar em 2018. Outrora nas preferências, é de assinalar o desaparecimento do Volkswagen Polo, que tinha ocupado o 10.º lugar há dois anos.

modelo e unidades vendidas

1.º Renault Clio 10649

2.º Mercedes-Benz Classe A 7830

3.º Renault Captur 7370

4.º Fiat Tipo 5953

5.º Citroën C3 5709

6.º Peugeot 208 5667

7.º Renault Megane 5654

8.º Peugeot 2008 4979

9.º Peugeot 308 4970

10.º Ford Focus 4345

Total 223 799

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG