Nuclear

Preço do petróleo Brent subiu mais de 3%

Preço do petróleo Brent subiu mais de 3%

O barril de petróleo Brent subiu mais de 3% no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, depois do presidente norte-americano, Donald Trump, ter retirado os Estados Unidos do acordo nuclear com o Irão.

O petróleo do mar do Norte, de referência na Europa, alcançou 77,17 dólares às 7.13 horas TMG, mais 3,09% do que no encerramento da sessão anterior e subindo para o nível mais alto desde 2014, apesar de posteriormente ter moderado a subida e de estar a cotar-se a 76,91 dólares às 9 horas TMG.

O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou na terça-feira que retira o país do acordo nuclear internacional com o Irão, assinado em 2015 entre Teerão e seis grandes potências ocidentais, e repõe as sanções económicas contra aquele país.

O Irão tinha-se convertido no terceiro maior exportador de petróleo da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) depois da comunidade ocidental levantar as sanções económicas em 2016, como parte do acordo para dissuadir aquele país do Médio Oriente de desenvolver um programa de armas nucleares.

Os investidores nos mercados energéticos temem que as novas sanções impostas por Washington atinjam o fornecimento de petróleo a partir do Irão, assim reduzindo a oferta face à crescente procura.

Esta subida do preço ocorre num contexto de queda das reservas de petróleo a nível mundial.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG