O Jogo ao Vivo

Economia

Presidente da Galp gostaria que preços dos combustíveis baixassem

Presidente da Galp gostaria que preços dos combustíveis baixassem

O presidente executivo da Galp, Ferreira de Oliveira, afirmou, esta sexta-feira, que gostaria que os preços dos combustíveis estabilizassem e se possível descessem.

"Gostaria, no mínimo, que os preços estabilizassem e se possível baixassem para os consumidores porque de facto estão em níveis que estão a penalizar os orçamentos das famílias", disse Ferreira de Oliveira.

O presidente executivo da Galp lembrou que a petrolífera vende ao mesmo preço o produto para Espanha e Portugal, mas que os preços ao consumidor são diferentes e mais elevados em Portugal devido à diferença fiscal.

Ferreira de Oliveira falou da quebra do consumo e de como esta situação pode afectar as estações de serviço que estão na margem de rentabilidade, adiantando que só este ano encerraram 20 estações da empresa da Galp, numa rede de 800.

Ainda assim, explicou que o encerramento de estações "é normal", tendo em conta que algumas atingem o seu fim de vida, outras, as mais pequenas, fecham em momentos de crise.

Ferreira de Oliveira sublinhou que "o que não é normal é não abrir novas estações", afirmando que devido ao momento de recessão será difícil criar mais postos de abastecimento.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG