Economia

Queda no comércio em Portugal quatro vezes maior que na UE

Queda no comércio em Portugal quatro vezes maior que na UE

O volume de vendas do comércio a retalho caiu 1,2% na zona euro e 1,1% na União Europeia, entre setembro e outubro, com Portugal a registar uma descida de 4,5%, a maior entre os Estados-membros, segundo o Eurostat.

Em setembro, o comércio a retalho havia registado recuos de 0,6% na zona euro e de 0,2% no conjunto dos 27 Estados-membros, de acordo com os dados divulgados, esta quarta-feira, pelo gabinete de estatísticas da União Europeia (UE).

Entre os Estados-membros, as maiores descidas em termos mensais (outubro relativamente a setembro) foram observadas em Portugal (-4,5%), na Finlândia (-3%) e na Alemanha (-2,8%), enquanto a Irlanda (1,9%), a Lituânia (0,8%) e a Bélgica (0,7%) protagonizaram as maiores subidas.

A queda registada em Portugal é superior à observada em setembro, quando o índice de vendas caiu para terreno negativo e recuou 4,4%.

Na comparação com outubro do ano passado, o volume de vendas do comércio a retalho registou uma descida de 3,6% na zona euro e de 2,4% na UE.

Espanha (-11,5%), Portugal, Eslovénia (-6,7% em ambos os Estados-membros) e Polónia (-4,4%) registaram as maiores quedas em termos anuais, enquanto as maiores subidas foram observadas na Letónia (9,2%), no Luxemburgo (7%) e na Estónia (6,4%).

Em setembro, Portugal havia registado um recuo homólogo de 5,9%, superior ao de 5,8% registado em agosto, mas abaixo da quebra anual de 7,5% registada em julho.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG