Exclusivo

Reduções de imposto poupam 11 euros por cada depósito de combustível

Reduções de imposto poupam 11 euros por cada depósito de combustível

Governo perde quatro milhões de euros ao dia em receita fiscal, mas sem isso o preço por litro estaria mais caro 22,5 cêntimos na gasolina e 21,5 cêntimos no gasóleo.

As descidas do imposto sobre produtos petrolíferos (ISP) que o Governo promoveu desde outubro do ano passado traduzem-se numa perda de receita fiscal, por parte do Estado, de quatro milhões de euros por dia. O JN fez as contas com valores da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) e concluiu que, sem as reduções de ISP, a gasolina e o gasóleo estariam hoje mais caros cerca de 22 cêntimos por litro. Isto representa um desconto de 11 euros por cada depósito de 50 litros.

Desde setembro do ano passado, o preço por litro de gasolina subiu 24,5 cêntimos, mas o aumento seria de 47 cêntimos se não fossem as reduções do ISP iniciadas em outubro. Primeiro através de um mecanismo de revisão semanal, depois pela redução do imposto para um valor equivalente a 13% de IVA. Ambas continuam em vigor. No caso da gasolina, estas reduções significam uma poupança de 22,5 cêntimos por litro e implicam uma perda de receita fiscal de 810 mil euros, diários, ao Estado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG