Exclusivo

Reservas aumentam e turismo acredita num verão melhor

Reservas aumentam e turismo acredita num verão melhor

Do Minho ao Algarve, passando por Porto e Lisboa, operadores e empresários estão bastante otimistas.

As expectativas são elevadas para o próximo verão e quer os responsáveis pelo turismo quer os operadores esperam superar os resultados do ano passado. O preço de cem euros pelo teste obrigatório para quem circula na União Europaia é um entrave mas nas ruas das principais cidades portuguesas já se ouvem os mais diversos idiomas e, curiosamente, há mais gente a viajar sozinha e de todas as idades.

"A exemplo de 2020, o setor vai ser procurado por turistas nacionais mas acreditamos que este verão será diferente e as informações que temos é que já há muitas reservas de espanhóis. A Espanha é o principal emissor mas há ainda mercados importantes que temos de contar, como o francês e o alemão", explicou ao JN Luís Pedro Martins, presidente da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal. Tal como no ano passado, também neste verão será difícil ver o regresso dos turistas americanos, canadianos e brasileiros, o que é "compreensível pelo facto de as pessoas não estarem dispostas a viajar para longe em tempo de pandemia".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG