Exclusivo

Restrições na passagem de ano geram onda de cancelamentos nos restaurantes

Restrições na passagem de ano geram onda de cancelamentos nos restaurantes

O anúncio gerou estupefação, depois revolta dos empresários e agora uma vaga de cancelamentos das reservas feitas em alojamentos e restaurantes para a passagem de ano.

O "travão a fundo" anunciado na quinta-feira pelo primeiro-ministro está a motivar duras críticas dos setores da restauração e alojamento. No caso dos restaurantes, já é certo que têm de fechar às 22.30 horas (antes poderiam estar abertos até à uma da manhã), mas os hotéis não sabem se vão ter de mandar as pessoas para o quarto. Todos censuram o cancelamento de um réveillon que já preparavam há duas semanas.

"As reservas estão a ser todas canceladas. Neste momento já temos a indicação que mais de 50% foram canceladas na maior parte dos nossos associados, um pouco por todo o país", resume Daniel Serra, presidente da Pro.Var (Promover e Inovar a Restauração Nacional).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG