Exclusivo

Risco de perdas com moratórias leva Banca a aumentar comissões

Risco de perdas com moratórias leva Banca a aumentar comissões

Suspensão da dívida vale 46 mil milhões, mais do dobro das ajudas do Estado dadas ao setor desde 2008. Clientes pagam "juros negativos" devido aos encargos com contas, que superam os juros dos depósitos a prazo.

O aumento de comissões anunciado por alguns bancos no arranque do ano poderá atenuar a crise que se avizinha com fim das moratórias já em setembro. A suspensão dos créditos vale 46 mil milhões, equivalendo a cerca do dobro das ajudas dadas pelo Estado à Banca desde 2008.

Por outro lado, os clientes têm atualmente uma relação invertida com as instituições financeiras: pagam para ter lá dinheiro depositado. Um depósito a prazo de 1000 euros terá uma taxa de juro média de 0,5%, o que rende cerca de cinco euros ao fim de 12 meses. Por ser obrigado a ter depósito à ordem e eventualmente outros produtos, o cliente paga em média 65 euros anuais por manutenção de conta. "Estamos perante algo equivalente a pagar juros negativos, na ótica do cliente", refere Nuno Rico, economista da Deco.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG