Economia

Schauble admite que Grécia pode entrar em incumprimento

Schauble admite que Grécia pode entrar em incumprimento

o ministro das finanças alemão disse, esta quarta-feira, que admite que a Grécia possa entrar em incumprimento, aumentando a pressão sobre as negociações entre o país helénico e os seus credores para obter financiamento.

PErguntado sobre se daria de novo a garantoa, dada em 2012, de que a Grécia não vai entrar em incumprimento, Wolfgang Schäuble disse ao "Wall Street Journal" e o jornal francês "Les Echos" que "teria que pensar seriamente se diria o mesmo nas condições atuais".

"A decisão democrática e soberana do povo grego colocou-nos numa situação muito diferente", disse, referindo-se às eleições legislativas de janeiro, que elegeram o governo do Syriza, liderado por Alexis Tsipras, com um programa eleitoral apostado em reverter a austeridade imposta pelos credores gregos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG