Pandemia

Segurança Social recebeu 261 mil pedidos de apoio em janeiro e fevereiro

Segurança Social recebeu 261 mil pedidos de apoio em janeiro e fevereiro

A Segurança Social recebeu 261 mil pedidos de apoios sociais extraordinários em janeiro e fevereiro, período durante o qual foram pedidos apoios ao emprego que abrangeram 431 mil trabalhadores e 83 mil empresas, foi esta quarta-feira divulgado pelo Governo.

De acordo com um documento distribuído aos parceiros sociais na reunião da Comissão Permanente de Concertação Social (CPCS), do total de apoios sociais pedidos, 143 mil são apoios à redução de atividade, 68 mil são apoios à família e 50 mil são apoios extraordinários aos rendimentos dos trabalhadores.

Do total de pedidos de apoio ao emprego, 69 mil são relativos a situações de lay-off simplificado, que abrangem 333 mil trabalhadores, e 14 mil são pedidos de apoio à retoma, que abrangem 98 mil trabalhadores.

O mesmo documento do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social faz um resumo global das Medidas de Apoio Extraordinárias Covid-19 promovidas desde março de 2020, que custaram 2725 milhões de euros.

Neste período de quase um ano foram abrangidas por estas medidas 2,6 mil milhões de pessoas e 163 mil empresas.

As Medidas Apoio ao Emprego incluem o lay-off simplificado de 2020, que abrangeu 897 mil trabalhadores e 110 mil empresas, os apoios pós-lay-off, que abrangeram 613 mil trabalhadores e 79 mil empresas, o Apoio à Retoma Progressiva, que abrangeu 155 mil trabalhadores e 24 mil empresas, e o Incentivo à Normalização, que abrangeu 458 mil trabalhadores e 55 mil empresas.

PUB

Os setores da Restauração e Alojamento e o do Comércio foram os que mais recorreram ao lay-off, representando 22% cada, ao apoio à retoma, com 33% e 15% respetivamente, e ao incentivo à normalização, com 24% e 26% respetivamente.

Nas Medidas Extraordinárias Apoios Sociais foi o abono de família complementar que abrangeu mais pessoas, 800 mil, seguido da baixa (por isolamento ou doença covid), que abrangeu 480 mil, e do Complemento de Estabilização, que abrangeu 350 mil pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG