Economia

Sócrates: Este é o "momento" para passar Alta Velocidade do "papel" para o "terreno"

Sócrates: Este é o "momento" para passar Alta Velocidade do "papel" para o "terreno"

O primeiro-ministro, José Sócrates, defendeu hoje, sábado, que, após "todos os estudos feitos", este é "justamente o momento" para que o projecto da Alta Velocidade (AV) passe do "papel" para o "terreno", sobretudo na actual situação de crise.

"A crise é mais uma razão para o fazermos. É neste momento que o país precisa de investimento, de oportunidades de emprego. Há muita gente à procura de emprego e muitas empresas à espera desta oportunidade", frisou.

Por isso, garantiu o Chefe do Governo, afiançando que a Alta Velocidade vai permitir criar "milhares" de postos de trabalho, "este é justamente o momento" para que o projecto avance, porque o país "precisa de investimento".

José Sócrates falava na cerimónia de adjudicação da concessão do troço do TGV Poceirão-Caia, integrado na ligação ferroviária de AV entre Lisboa e Madrid.

O primeiro-ministro disse tratar-se do "primeiro passo", que é da "maior importância", para que a AV em Portugal "saia do papel" e se inicie "no terreno".

O agrupamento ELOS- Ligações de Alta Velocidade foi o vencedor da adjudicação da concessão, devendo a construção do troço iniciar-se em 2010, para uma previsível entrada em funcionamento em 2013, de acordo com o calendário definido pelo Governo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG