Economia

Sonae vende empresas de cibersegurança ao Thales Group por 120 milhões

Sonae vende empresas de cibersegurança ao Thales Group por 120 milhões

A Sonae Investment Management assinou com a Thales Group, líder mundial em tecnologias avançadas, um acordo para venda da Maxive Cybersecurity, avaliada em 120 milhões e que agrega duas empresas europeias de cibersegurança: a S21sec e a Excellium.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Sonaecom explica que os termos acordados para a venda avaliam a Maxive em 120 milhões de euros e que se estima que a transação resulte num impacto positivo nos resultados consolidados da Sonaecom de cerca de 63 milhões.

A empresa diz ainda que a concretização desta transação "está dependente da verificação das condições usuais para um acordo deste tipo, incluindo aprovação regulatória, prevendo-se que ocorra até 30 de novembro de 2022".

Num comunicado entretanto divulgado, a S21sec refere que esta aquisição "é um importante passo para a S21sec no mercado altamente dinâmico dos serviços de consultoria e gestão de cibersegurança, que prevê um crescimento de aproximadamente 10% entre 2020 e 2025".

Segundo a mesma nota, as atividades de cibersegurança da Thales representam mil milhões de euros em vendas anuais. O Grupo está envolvido a todos os níveis da cadeia de ciber valor, oferecendo soluções que vão desde a avaliação de riscos à proteção de infraestruturas críticas, apoiadas por capacidades abrangentes de deteção e resposta a ameaças.

A Thales conta com 10.000 programadores de software e 5.000 engenheiros de IT e cibersegurança, em 60 países. Em 2022, a empresa planeia contratar 11.000 pessoas em todo o mundo, incluindo 1.000 em cibersegurança.

"Estamos muito entusiasmados por iniciar esta nova era na S21sec dentro do Thales Group, pois acreditamos que esta operação permitirá desenvolver as competências, know-how, experiência e serviços da S21sec à escala global", refere Agustin Muñoz-Grandes, diretor executivo da S21sec, citado no comunicado.

PUB

A Maxive Cybersecurity, holding da Sonae IM, tem 546 profissionais em Espanha, Portugal, Luxemburgo e Bélgica, que serão integrados nos mais de 2.000 colaboradores da área de cibersegurança da Thales, gerando conjuntamente receitas estimadas superiores a 1,9 mil milhões de euros e cobrindo mais de 60 países, adianta a nota.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG