Economia

TAP admite que greve geral vai afetar ligações aéreas

TAP admite que greve geral vai afetar ligações aéreas

A TAP admite que as ligações aéreas vão ser fortemente afetadas na próxima quarta-feira, dia de greve geral, recomendando que os passageiros com voos marcados para 14 de novembro alterem as suas reservas.

Em declarações à Lusa, fonte oficial da TAP disse que "a normalidade ficará fortemente afetada", uma vez que à greve geral em Portugal se juntam paralisações em "outros países".

Neste contexto, a TAP recomenda aos passageiros com viagens marcadas para esse dia, que, "se possível", alterem as suas reservas para novas datas.

Oito sindicatos da aviação civil e aeroportos anunciaram já que vão juntar-se à greve geral de 14 de novembro, em "defesa de Portugal e dos trabalhadores que representam".

Também em Espanha, as duas centrais sindicais convocaram greve geral para a mesma data, o que já levou a companhia Air Europa a anunciar o cancelamento de 92 voos marcados para 14 de novembro, entre os quais estão voos entre Lisboa e Madrid.

Em Itália, está marcada uma greve geral de quatro horas, no âmbito da "jornada de ação", convocada pela Confederação Europeia de Sindicatos, para protestar contra a atual situação económica e social.

Outras Notícias