Reação

TAP garante que redução de voos no Porto não foi decidida

TAP garante que redução de voos no Porto não foi decidida

A TAP garante que a retoma da atividade irá afetar tanto os aeroportos Francisco São Carneiro, no Porto, como o Humberto Delgado, em Lisboa.

E assegura que o plano que prevê a criação de 71 rotas a partir da capital portuguesa, reduzindo a três as que têm origem no norte, é "apenas um documento de trabalho", no âmbito de um de vários cenários que podem acontecer. "Não há decisões", afirma fonte oficial da companhia aérea portuguesa.

Recorde-se que, na edição de ontem, o JN avançou que a TAP iria voltar a voar, após quase toda a sua operação ter sido suspensa, devido à pandemia provocada pela covid-19. A notícia revelava, contudo, que o reinício da atividade iria ser efetuado com 71 rotas a partir do Aeroporto Humberto Delgado, enquanto o Porto era a origem somente dos voos com destino a Lisboa, Funchal e Nova Iorque. Um plano que significa uma redução de 63% no número de voos no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, quando comparado com o período pré-coronavírus.

A TAP alega que estes números podem fazer parte apenas de um dos vários cenários que estão a ser estudados pela administração. "Há vários documentos de trabalho, que apresentam diferentes cenários do que poderá acontecer", declara fonte da companhia área, que deixa uma certeza: "Neste momento, não há nenhuma decisão". "São tudo hipóteses", sublinha a TAP.

Retomada ponte aérea

A única certeza para já é que, de 18 de maio a 4 de junho, a TAP vai voar semanalmente para o Brasil, Paris (França) e Londres (Inglaterra). Sempre a partir do aeroporto de Lisboa, enquanto o Porto terá, apenas, voos com destino à capital, uma vez que a ponte aérea também será reativada, embora com menos voos semanais do que os existentes antes da pandemia ter encerrado as ligações aéreas.

PUB

A TAP espera que as medidas de "desconfinamento", em vigor a partir de segunda-feira, permitam que as pessoas voltem a ter confiança para viajar de avião, para, depois, ajustar a sua oferta comercial às necessidades dos clientes.

Rotas suspensas

Desde que suspendeu a operação, a TAP só está a realizar, a partir de Lisboa, dois voos semanais para o Funchal, Ponta Delgada e Terceira. Também realizou alguns voos para resgatar portugueses no estrangeiro

Três mil voos

Antes de a pandemia ter encerrado os aeroportos, a TAP efetuava cerca de três mil voos semanais. Atualmente, os seus aviões não fazem mais do que sete viagens por semana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG