Aviação

TAP lança bilhetes "low cost"

TAP lança bilhetes "low cost"

A partir desta quinta-feira, será possível comprar bilhetes da TAP a preços "low cost". Saiba como, em dez perguntas.

A TAP vai começar esta quinta-feira a vender bilhetes de avião a preços "low cost" para voos realizados a partir de outubro, para destinos da Europa e norte de África. A nova estratégia comercial visa combater a concorrência de transportadoras como a Ryanair ou a easyJet. Na prática, se o passageiro abdicar de certos serviços, como bagagem de porão, poderá comprar bilhetes a preços mais baixos, mas viajar nos aviões da transporta aérea portuguesa.

Veja como vai funcionar.

1 Quanto passam a custar os bilhetes?

Nas simulações da TAP, a viagem mais barata de Lisboa para Londres custava 69 euros; agora, custará a partir de 39 euros. Para Paris, o preço desce de 44 euros para 32 euros. Já para Madrid passa de 42 euros para 38 euros. Ainda, para Bruxelas, o preço cai de 52 euros para 35 euros. As simulações são para voos a partir de Lisboa, só para uma viagem (o regresso custará o mesmo) e incluem todas as taxas. Estes novos preços serão incluídos na classe Discount que, em média, representará uma descida de preço na ordem dos 34%, assegura a TAP.

2 As outras tarifas vão ficar mais caras?

A TAP garante que as restantes tarifas ficarão mais baratas. Com esta mudança, passará a ter seis tarifas: quatro em Económica (a Discount será a mais barata) e duas em executiva (a mais cara será a Top Executive).

3 Qual a diferença de serviço entre a tarifa low cost e as outras?

Dentro do avião, os serviços de todas as classes económicas serão iguais. Por exemplo, as quatro darão direito à mesma refeição e ao mesmo tipo de assento. Mas o passageiro low cost só terá direito a levar uma bagagem de cabine até 8 kg, não poderá marcar lugar no momento em que compra o bilhete (só é definido no check in) e só acumulará 10% das milhas.

4 Quais são as características das outras tarifas?

Como já vimos, a Discount (a low cost) adequa-se a quem viaja só com bagagem de mão. A tarifa seguinte, a Basic, inclui uma mala de porão grátis. Depois, a Classic tem todos os serviços da Basic, mas permite reservar o lugar quando se compra o bilhete. Além destes serviços, na Plus será possível mudar a reserva, sem ter de pagar por isso. Haverá ainda duas tarifas executivas. A Executive impõe algumas limitações a alterações de reserva ou a reembolsos. Por último, a Top Executive é a que tem mais flexibilidade.

5 Haverá preços low cost na ponte aérea Porto-Lisboa?

Nos voos entre o Porto e Lisboa haverá três tarifas, todas em classe económica: a Discount (low cost), a Basic e a Plus.

6 Depois de comprar um bilhete Discount, é possível enviar uma bagagem para o porão?

Sim, mas por um preço. Até 24 horas da viagem, uma bagagem com até 23 kg custará 20 euros. Se comprar no dia da viagem, o preço sobe para 35 euros.

7 É garantido que consigo comprar um bilhete ao preço anunciado?

Todas as companhias vão mudando os preços à medida que os bilhetes são vendidos, pelo que não é possível garantir que conseguirá comprar viagens pelo preço anunciado. Mas nas viagens low cost da TAP - tal como em qualquer outra - comprar com antecedência maximiza as hipóteses de conseguir um bilhete pelo valor anunciado. Não haverá um número limite de bilhetes vendidos a preço low cost: enquanto houver assentos no avião e viajantes interessados na tarifa mais barata, a TAP venderá bilhetes.

8 As viagens são feitas nos aviões da TAP?

Sim, os aviões serão os mesmos. Dentro de cada um poderão viajar passageiros com bilhetes de todas as tarifas.

9 Quando entra em vigor?

Os novos preços estão disponíveis a partir de hoje, mas só se aplicam a viagens realizadas de outubro em diante.

10 Os novos preços aplicam-se a todas as rotas?

Aplicam-se apenas aos voos da TAP para a Europa e o norte de África, o chamado médio curso.

Outras Notícias