Juros

Taxa de juro média do crédito à habitação sobe pelo sexto mês consecutivo

Taxa de juro média do crédito à habitação sobe pelo sexto mês consecutivo

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação aumentou em Dezembro pelo sexto mês consecutivo, mas os juros associados aos contratos celebrados nos últimos 3, 6 e 12 meses já sobem há 9 meses.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de juro implícita situou-se nos 2,045% em Dezembro, mais 0,053 pontos percentuais que no mês anterior.

O valor da prestação média vencida fixou-se nos 259 euros, uma subida de 2 euros relativamente a Novembro, também esta aumenta há seis meses consecutivos.

A taxa de juro para os contratos celebrados nos últimos três meses subiu em Dezembro 0,106 pontos percentuais, para os 2,8%, nos contratos celebrados nos últimos seis meses o aumento foi de 0,141 pontos percentuais, para 2,572%, e 0,087 pontos percentuais nos contratos celebrados nos últimos 12 meses, para 2,363%.

O valor médio em dívida para os contratos em vigor situou-se nos 56.861 euros, mais 20 euros que em Novembro.