Automóveis

Trabalhadores da Autoeuropa aprovam novo acordo laboral

Trabalhadores da Autoeuropa aprovam novo acordo laboral

Os trabalhadores da Autoeuropa aprovaram, esta quarta-feira, um novo acordo laboral para 2022 e 2023, que prevê aumentos salariais de 2% e a manutenção do prémio por objetivos, com 69,1% de votos favoráveis (2700).

O resultado anunciado pela Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa, após o referendo realizado nas últimas 48 horas, em que votaram 3910 dos 5123 inscritos, coloca um ponto final no impasse criado pela rejeição de duas propostas de acordo laboral anteriores, que receberam o voto contra da maioria dos trabalhadores, nos referendos realizados em 21 de maio de 2021 e no passado dia 25 de fevereiro.

O novo acordo laboral da fábrica de automóveis da Volkswagen, em Palmela, no distrito de Setúbal, não só mantém o prémio anual por objetivos - que foi de cerca de 1400 euros nos últimos dois anos -, como também assegura aumentos salariais de 2%, com a garantia de aumentos mínimos de 30 euros, este ano e no próximo.

Segundo a empresa, "este acordo representa um marco importante na consolidação do crescimento da fábrica, reconhecendo o desempenho de toda a equipa e garantindo a estabilidade para novos projetos no futuro".

No anterior pré-acordo laboral, rejeitado no dia 25 de fevereiro, o aumento mínimo para 2022 era de apenas 25 euros e, em vez do prémio por objetivos, os trabalhadores teriam direito a um total de 44 "down-days" (dias de não produção, mas que são pagos na íntegra).

O novo acordo laboral, entre outras regalias, mantém os atuais 22 "down-days" e consagra, a título definitivo, as pausas de 10 minutos (atualmente são de apenas sete minutos) e o pagamento de prémios de 100% para todos os horários de laboração aos fins de semana, matérias que deixam de estar dependentes de qualquer negociação futura.

A fábrica de automóveis de Palmela, com mais de 5100 colaboradores, dos quais 98% com vínculo permanente, produz atualmente os modelos T-Roc e Volkswagen Sharan, prevendo-se que a produção deste último modelo seja descontinuada ainda este ano.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG