Porto

Trânsito normalizado na Avenida dos Aliados

Trânsito normalizado na Avenida dos Aliados

O trânsito na Avenida dos Aliados foi reaberto pouco depois das 20 horas, altura em que os taxistas em protesto dispersaram.

Segundo a PSP do Porto, pelas 20.15 horas a situação estava "normalizada".

Ao final da tarde desta sexta-feira o trânsito foi cortado nos acessos à Avenida dos Aliados, onde se realizava a manifestação de taxistas contra a plataforma de serviço de transporte privado Uber.

No Porto, a Uber registou pelo menos três incidentes, dois com motoristas e um com uma utilizadora.

A PSP do Porto confirmou que o protesto de hoje dos taxistas contra a Uber originou, no Porto, vários incidentes que levaram a participações policiais devido a agressões e danos em viaturas.

Alguns milhares de taxistas saíram hoje às ruas de Lisboa, Porto e Faro em protesto contra o serviço de transporte Uber, acabando os manifestantes da capital por desmobilizar da frente do parlamento cerca das 20:00, após "algumas garantias" do Governo, de acordo com os representantes.

A exclusão daquela empresa de serviço de transporte privado do grupo de trabalho criado pelo Governo para analisar os transportes urbanos e o facto de as conclusões que este grupo de trabalho apresentar terem de ser aplicadas a todos os operadores que pretendam trabalhar no setor, à semelhança dos taxistas, são garantias que a Associação Nacional de Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros (ANTRAL) e a Federação Portuguesa do Táxi (FPT) consideram positivas.

PUB

As largas centenas de taxistas que saíram à rua em marcha lenta com buzinadelas, faixas negras e palavras de ordem, protestaram contra a alegada ilegalidade do serviço da Uber, entupindo as principais artérias destas cidades.

O serviço de transporte Uber permite chamar um carro descaracterizado com motorista privado através de uma plataforma informática que existe em mais de 300 cidades de cerca de 60 países.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG