Exclusivo

Turismo do Douro rendeu 174 milhões em cinco anos

Turismo do Douro rendeu 174 milhões em cinco anos

Alto Douro Vinhateiro completa, esta terça-feira, 20 anos de Património Mundial. Proveitos subiram com aumento de alojamento. Em média, surgiu uma nova unidade por mês desde 2011.

Os números disponíveis não são tão redondos como os 20 anos que o Alto Douro Vinhateiro completa hoje como Património Mundial, todavia permitem ter uma noção do salto que o turismo deu na região onde se produz o vinho do Porto. O setor da hotelaria quase quintuplicou e só entre 2015 e 2019 faturou 174 milhões de euros.

Este dado de receitas fornecido ao JN pelo presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Luís Pedro Martins, atesta a importância que tem tido o galardão atribuído pela UNESCO em 2001. Mas "ainda há espaço para crescer", com a preocupação de que o aumento de atratividade "não seja feito apenas em quantidade, mas em valor". Este "valor" significa apostar mais em "mercados de alto rendimento", como "EUA, Brasil, Canadá, França e Reino Unido". Ou seja, que os turistas que visitam o Douro deixem nele mais dinheiro e que cheguem durante todo o ano e não apenas no verão e durante as vindimas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG