Economia

UE e FMI acordam redução da dívida grega

UE e FMI acordam redução da dívida grega

Os ministros das Finanças da zona euro e o Fundo Monetário Internacional alcançaram um acordo sobre a redução da dívida grega, que abre a porta ao desbloqueamento da ajuda financeira à Grécia, revelaram, esta segunda-feira, fontes europeias.

De acordo com as mesmas fontes, o compromisso alcançado na reunião do Eurogrupo em Bruxelas - a terceira no espaço de três semanas, e que se prolongou por mais de 12 horas, terminando já de madrugada - prevê medidas com vista à redução da dívida grega para 124% do PIB até 2020.

Enquanto se aguarda a conferência de imprensa do presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker, e do comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, para se conhecer os detalhes do acordo, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, ao sair da sede do Conselho, limitou-se a dar conta da sua satisfação com notícias que "vão reduzir a incerteza e reforçar a confiança na Europa e na Grécia".

Este acordo deverá abrir caminho ao desembolso de uma tranche de 31,2 mil milhões de euros, que Atenas aguarda há meses.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG