O Jogo ao Vivo

Energia

UE "otimista" só terá medidas para preços da energia em dezembro

UE "otimista" só terá medidas para preços da energia em dezembro

Eurogrupo toma decisões dentro de um mês, Comissão apresenta pacote em dezembro.

Os ministros das Finanças da Zona Euro declararam-se "otimistas" quanto aos preços da energia na região, sem tomarem decisões, no final da reunião desta segunda-feira do Eurogrupo quanto a medidas propostas por países como a Espanha e a França.

O comissário europeu da Economia disse que a Comissão está a estudar um pacote de medidas "temporárias e dirigidas", a apresentar em dezembro. O tema continuará a ser debatido esta terça-feira no Conselho dos Assuntos Económicos e Financeiros, e amanhã, no Parlamento Europeu.

"Ouvimos a posição de todos. Em outubro tomaremos uma decisão", resumiu Paschal Donohoe, presidente do Eurogrupo, falando sobre as propostas da França e da Espanha sobre uma estratégia conjunta que passe pelo regresso da regulação de preços da energia.

O comissário europeu da Economia assegurou que a situação é "temporária e sazonal", assim como o efeito na inflação europeia, que não deverá prolongar-se até 2022. Paolo Gentiloni disse para "não esperarem uma revolução" do pacote de medidas que está a ser estudado pela Comissão para que os estados-membros possam combater o aumento de preços e que será apresentado em dezembro.

Os preços da eletricidade e gás podem afetar mercadorias como o petróleo e os metais e isso pode comprometer a recuperação económica da Europa, alertou Klaus Regling, diretor do Mecanismo Europeu de Estabilidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG