O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Um quarto dos portugueses já teve apoios sociais por causa da pandemia

Um quarto dos portugueses já teve apoios sociais por causa da pandemia

Segurança Social gastou 2,3 mil milhões de euros e apoiou 152 mil empresas. Lay-off simplificado foi o que mais pesou nas contas, abrangendo 896 mil trabalhadores.

Os apoios extraordinários criados pelo Governo desde o início da pandemia já beneficiaram 2,4 milhões de residentes em Portugal. O balanço de todas as medidas do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social dá conta de que o valor gasto em apoios e isenções contributivas ascende a 2,3 mil milhões de euros e abrangeu ainda 152 mil empresas.

Dos 13 principais apoios criados desde março, o lay-off simplificado foi o que teve o maior peso nas contas públicas e no número de beneficiários. A medida criada em março durou até ao final de julho para a generalidade das empresas, mas mantém-se em vigor para negócios encerrados por determinação legal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG