Economia

Vítor Gaspar satisfeito com regresso aos mercados

Vítor Gaspar satisfeito com regresso aos mercados

O ministro das Finanças afirmou, esta terça-feira, que o regresso aos mercados tem "superado as expectativas iniciais", mas disse que "é preciso retomar as condições" que garantam o acesso regular no período pós-programa, a partir de junho de 2014.

Vítor Gaspar, que está esta terça-feira na Comissão Parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, explicou que a estratégia do Governo para assegurar estas condições passam, em primeiro lugar, por continuar a emitir Bilhetes do Tesouro "nos moldes habituais", com maturidades a 3, 6, 12 e 18 meses.

O governante referiu que vão ser realizados leilões de dívida, sendo fixados calendários indicativos para estas emissões, bem como promovidas "iniciativas para dinamizar as Obrigações do Tesouro junto do público e criar instrumentos de investimento de médio e longo prazo que alarguem o leque de opções junto dos aforradores portugueses".

Por último, apontou Vítor Gaspar, o executivo pretende realizar novas operações de troca de dívida.

Durante a sua intervenção inicial na comissão parlamentar, o ministro das Finanças afirmou que "Portugal não se adaptou no início" às exigências da união monetária europeia, considerando que "o resultado foi uma década perdida para o crescimento e para o emprego".

"Portugal já ultrapassou obstáculos decisivos, mas tem de persistir", rematou o governante.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG