O Jogo ao Vivo

Automóveis

Volkswagen reduz em 40% salários dos gestores

Volkswagen reduz em 40% salários dos gestores

O construtor automóvel alemão Volkswagen anunciou esta sexta-feira uma redução de 40% dos salários dos seus principais dirigentes, indicando que a remuneração do líder do grupo não pode exceder os 10 milhões de euros por ano.

A remuneração de cada um dos restantes membros do conselho de administração fica limitada a 5,5 milhões de euros anuais.

Em comunicado, a Volkswagen indica que o valor máximo que é possível atingir nestes salários pode sofrer uma redução até 40% em relação ao sistema precedente.

PUB

Esta decisão foi adotada depois do escândalo da manipulação de emissões poluentes em veículos a 'diesel', que teve custos avultados para a empresa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG