Dá a tua Energia pelo Planeta

Dar (ainda) mais energia aos mais jovens!

Dar (ainda) mais energia aos mais jovens!

Cada vez mais nos preocupamos com o ambiente, mas será que ensinamos os mais jovens a pensarem num consumo mais sustentável?

A proteção do meio ambiente e o consumo sustentável são dois temas com os quais a sociedade se tem vindo a preocupar cada vez mais. Mais reciclagem, mais limpeza das ruas e oceanos e mais eficiência energética são ações comuns no dia a dia da comunidade. No entanto, é fundamental incutir esse pensamento e atitude na geração mais jovem, visto que são eles o futuro.

De forma a promover um maior envolvimento dos jovens na proteção do ambiente e incentivar a um maior consumo sustentável, tomando atitudes e mudando os comportamentos, na escola, em casa e na comunidade envolvente, a Fundação Galp criou, em 2010, os projetos educativos UP. Estes visam a formação de equipas entre alunos e professores do 1.º ciclo de várias escolas, que têm como objetivo: identificar um problema relacionado com o consumo sustentável (na escola, comunidade ou família) e apresentar uma solução para o mesmo. Depois são escolhidos cinco projetos finalistas, para participarem no Energy Bootcamp, onde serão determinados os três grandes vencedores - que contarão com financiamento por parte da Fundação, para a implementação dos seus projetos. Os projetos educativos UP já impactaram na sua globalidade mais de 1 milhão de alunos desde 2010.

O Energy Bootcamp envolve escolas do ensino básico e secundário e pretende promover o envolvimento dos alunos num consumo mais sustentável, pelo reforço do contributo da Galp para a concretização de objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS). São estes ODS: Energias Renováveis e Acessíveis, Consumo e Produção Responsáveis, Ação Climática, Proteger a Vida Marinha e Proteger a Vida Terrestre.

Os alunos devem, assim, utilizar os ODS como base de trabalho, desenvolvendo e implementando ações, atividades ou projetos que funcionem como soluções para problemas identificados na região, na escola ou na sua comunidade. Para além destes objetivos, os projetos devem ainda abordar os temas da Transição Energética, Mobilidade Sustentável, Tecnologia e Inovação e Empreendedorismo Social.

Os projetos estão ainda divididos em três categorias (Missão UP, Power UP e Switch UP) e os vencedores serão escolhidos de entre o TOP 5 de cada categoria. Segundo a Fundação Galp, dentro dos projetos da Missão UP, o tema mais trabalhado pelos alunos foi o dos resíduos, com muitos a concentrarem-se na redução do uso de plásticos. Já na categoria Power UP, os trabalhos surgiram mais focados nas soluções tecnológicas relacionadas, por exemplo, com a eficiência energética (desenvolvimento de apps). Por outro lado, os projetos Switch UP focaram-se mais em temas de utilização da tecnologia e a transição energética.

Todo este procedimento e projeto culminam no Energy Bootcamp CEIIA, em Matosinhos, no qual as equipas de alunos e professores ficarão a saber quem são os vencedores das três categorias. Assim, nos dias 28 e 29 de maio, que é o Dia Nacional da Energia, as 245 pessoas envolvidas, de entre alunos, professores, mentores, júri e parceiros, reunir-se-ão em Matosinhos para dois dias cheios de energia. No dia 28, o foco será a capacitação sobre os ODS organizada pelo CEIIA e o trabalho dos mentores, enquanto que o dia 29 tem como foco a apresentação/pitch das equipas e a atribuição dos prémios.

Com este projeto, a Fundação Galp promove assim uma maior preocupação com o meio ambiente e um consumo mais sustentável junto dos jovens alunos, que são o futuro (da energia).