O Jogo ao Vivo

Ar Livre

Correr na neve

A serra da Estrela vai receber, nos dias 12 e 13, mais um trail camp organizado pelo ultramaratonista Armando Teixeira, que irá partilhar com os participantes as diversas técnicas de corrida em montanha.

A mais de mil metros de altitude, o Eco Resort do Vale do Rossim vol­tará a ser o campo-base de mais um trail camp organizado por Ar­mando Teixeira, um dos mais consagrados ul­tramaratonistas nacionais. O trail running é uma modalidade de corrida disputada em am­biente de natureza, a maior parte das vezes em montanha, e requer cuidados especiais. Nesse sentido, os trails camps, como são conhecidas estas atividades de formação para atletas rea­lizadas em ambiente de montanha, represen­tam oportunidades únicas de aprender com os melhores. Como é o caso de Armando Teixei­ra, que na semana passada foi 13º classificado numa das provas mais duras do calendário in­ternacional de ultra-trail, a TransGranCanaria - com 125 quilómetros de extensão e oito mil metros de desnível positivo, que o atleta por­tuguês completou em 15h11m.

Além dos habituais treinos de corrida, diurnos e noturnos, durante nos quais os participantes aprendem algumas técnicas de subida e descida ou sobre o uso de bastões, o programa inclui também palestras temáti­cas acerca de equipamentos, segurança em montanha, treino, alimentação ou meteoro­logia. Neste fim de semana, os oradores serão Vítor Baía, instrutor de parapente, praticante de montanhismo e também um dos melhores meteorologistas de montanha do mundo, co­nhecido pelo seu trabalho para os mais consa­grados alpinistas internacionais. E o próprio Armando Teixeira, que falará sobre como pla­near um calendário de provas e o melhor mo­do de preparar físico e mente para esses exi­gentes desafios.

Web: armandoteixeira-outdoorevents.pt

EQUIPAMENTO PARA CORRER NA NEVE

Vestuário

PUB

Além de um casaco e de calças/leggings impermeáveis que permitam proteger o corpo das variações climatéri­cas, existem outros cuidados básicos a ter com o vestuário. Nomeadamente, o uso de uma camada intermédia de roupa para o aquecimento do corredor. O ideal é uma camisola térmica justa ao corpo, confortável, quente e respirável, como o modelo Trail Runner Warm (preço: 80 euros), da Salomon, cujas mangas esticam e encaixam no polegar para manter as mãos quentes

Mãos e pés

As extremidades são das partes do corpo que mais sofrem os efeitos das baixas temperaturas, sendo por isso essencial protegê-las com o material adequado. As luvas com tecnologia Thinsulate mantêm as mãos quentes apesar do seu tecido leve e respirável, e são por isso ideais para correr com muito frio (60 euros). Quanto aos pés, e à falta de sapatos de GoreTex, a solução pode passar pelo uso de polainas especialmente desenhadas para impedir a entrada de neve (25 euro

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG