Comer

Crítica de restaurante de Fernando Melo: Quorum, Lisboa

Crítica de restaurante de Fernando Melo: Quorum, Lisboa

As mesas são como a modernidade impõe, configuração cartesiana a sugerir uma superfície contínua formada pelo compasso bem medido das mesas, totalmente desnudadas, como num palco pronto a operar. Tiago Emanuel Santos trabalha Portugal exatamente assim na sua cozinha, regiões, produtos e tradições com os contornos bem definidos, finamente entrosados entre si. Tudo português, tudo do outro mundo. Optar pelo menu de 7 momentos (69 euros) é enveredar por caminhos nunca usados, seguindo a filosofia do contínuo que é uma viagem pela mão do chef e que de resto se chama viagem a Portugal. O assunto vínico é definido juntamente […]

Para saber mais clique aqui: www.evasoes.pt