O Jogo ao Vivo

Apetece| Comprar em Lisboa

Fulana, Beltrana e Sicrana: as novas bonecas de trapos

Fulana, Beltrana e Sicrana: as novas bonecas de trapos

São feitas à mão, com restos de tecidos colecionados pela italiana Benedetta Maxia, que se apaixonou na Holanda e veio viver para Portugal.

Há cerca de dez anos Benedetta Maxia mudou- -se para Lisboa. Veio de Itália (onde nasceu) depois de passar pela Holanda, onde estudou dança e conheceu o namorado português. Chegou como bailarina contemporânea, mas hoje é também tradutora e costureira de bonecas. Quando veio para Portugal comprou a primeira máquina de costura, para ajudar na decoração. As bonecas vieram depois, de ideias que começou a juntar numa viagem a São Francisco.

Começou a criar os seus moldes e começaram a nascer bonecas e bonecos. Quando foi preciso dar-lhes nomes lembrou-se da expressão que costumava ouvir «o beltrano, o sicrano, o fulano» - eram o nome (sem nome) perfeito. Os bonecos de Benedetta têm personalidade própria e, «os fulanos e as fulanas têm cabelo preto, as beltra-nas e os beltranos ruivo e as sicranas e os sicranos castanho», explica.

São feitos à mão por Benedetta, usando tecidos antigos, reciclados. Uma das parcerias que tem é com a Burel - em conjunto encontraram uma forma de dar uso a sobras de tecidos. Além de muitos fulanos, beltranas e sicranos, de mochileiros, surfistas, mergulhadores, Benedetta já coseu vários pares de noivos e bonecos com cabeça de animal. Mas há mais.

É possível encomendar um boneco (ou conjunto) a partir de uma fotografia , por exemplo: pais e filhos, avós e netos, um grupo de amigos - a casa chegarão os sósias de trapos. Alguns bonecos estão à venda na loja do Burel (Chiado) e na loja Alexandra Moura (Príncipe Real). Encomenda no site etsy.com ou em fulanabeltrana sicrana.net.