Foto: Orlando Almeida
Portugal regista as duas primeiras pessoas infetadas
Anunciados os dois primeiros casos positivos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal, que padecem da grave doença respiratória covid-19: são dois doentes internados em hospitais do Porto em situação estável. O país já estava em alerta, após ter sido noticiado que o escritor chileno Luís Sepúlveda estava internado em Espanha com uma pneumonia causada pela covid-19. Sepúlveda mostrou sintomas dois dias depois de regressar a Gijon, onde estava radicado, após seis dias em Portugal, onde contactou com centenas de pessoas durante o festival literário Correntes D’Escritas, na Póvoa de Varzim, entre 18 e 23 de fevereiro. Nesta fase, a DGS - Direção Geral de Saúde diz que “não há razão para alarmismos”. Nesta mesma semana, idosos e doentes, sobretudo os que apresentam comorbilidades (isto é, que têm duas ou mais doenças), são identificados como a população mais em risco. Hospitais e lares começam a restringir as visitas aos seus utentes.
Fonte: JN Textos: José Miguel Gaspar Infografia: Tiago Coelho