Guia de atuação perante o coronavírus
1
Como posso prevenir o contágio?
Lavar as mãos com frequência com água e sabão ou usar solução à base de álcool.
Quando espirrar ou tossir tape o nariz e a boca com o braço ou com lenço de papel.
Evite tocar nos olhos, nariz e boca.
Mantenha pelo menos um metro de distância para outra pessoa , principalmente se esta tiver tosse, febre ou espirrar.
Limite ao máximo as reuniões numerosas.
2
O que faço se suspeitar que estou infetado?
Esteve em contacto direto com alguém contagiado?
Tem sintomas?
Esteve a menos de dois metros da pessoa contagiada durante um período de tempo longo?
Isole-se
Mantenha a sua vida normal de isolamento, vigie os sintomas e respeite as indicações das autoridades de saúde.
Apareceram sintomas?
Mantenha-se 14 dias em isolamento profilático e respeite as orientações das autoridades de saúde
Ligue para o SNS 24 para se informar se os seus sintomas são validados para Covid-19 e deve ser testado:
Continue em isolamento e mantenha as medidas de prevenção.
Sintomas leves: Internamento domiciliário
Sintomas graves: Internamento hospitalar
O estado de emergência determina o isolamento voluntário das pessoas que não têm de sair para trabalhar. Além de idas ao supermercado ou a outros estabelecimentzos essenciais, como farmácias, exercício físico individual e de curta duração ou passear animais de estimação são algumas das atividades que podem ser feitas.
Quem está infetado ou ainda a ser despistado pelas autoridades de saúde deve permanecer em casa, bem como contactos de risco a quem é ordenada quarentena. Se esteve em contacto com uma pessoa infetada e apresenta sintomas contacte com as autoridades de saúde via linha SNS 24 (808 242424).
Os profissionais de saúde vão analisar o seu caso e indicar-lhe se deve ou não deslocar-se a uma unidade de saúde. Se os sintomas forem leves, em princípio será recomendado que permaneça em internamento domiciliário. Se viver com mais pessoas, a situação terá de ser avaliada, para se decidir se fica em casa ou se é internado.
3
Como sei se estive em contacto direto com um caso positivo?
Considera-se contacto direto quando se permaneceu a menos de dois metros de um caso suspeito ou confirmado de infeção durante algum tempo.
Num automóvel Todos os ocupantes podem ter sido expostos.
Num autocarro de 55 lugares, podem ter sido expostos entre 14 e 21 passageiros.
Num avião convencional em classe turística podem ter sido expostos entre 12 e 25 viajantes.
4
Quais os sintomas?
Os sintomas mais comuns da Covid-19 são febre, tosse seca e cansaço. Alguns doentes também se queixaram de dores musculares, de garganta e de cabeça, congestão nasal, perda de olfato e diarreia.
Se sentir grande dificuldade em respirar , ligue logo para o 112. Qualquer pessoa que esteja internada com sintomas de infeção respiratória deverá ser testada.
5
Como viver com alguém infetado pelo novo coronavírus?
Para uma pessoa infetada ficar em confinamento na sua habitação recomenda-se que disponha de um quarto para si, e de preferência uma casa de banho que só esta possa utilizar. É de evitar a permanência na mesma divisão em simultâneo com a pessoa infetada e cumprir o protocolo de manter pelo menos um metro de distância.
1 A pessoa deve ficar num quarto isolado com boa ventilação e uma janela para a rua . A passagem pelas imediações do quarto deve ser limitada ao estritamente necessário.
2 O quarto deve ter um balde do lixo com tampa automática e sacos para recolher o lixo por ele produzido.
3 Se for possível, destinar um w.c. para uso exclusivo dessa pessoa.
4 Se a pessoa sair do quarto, é recomendada a utilização de máscara e a limpeza das mãos com água e sabão ou o uso de um desinfetante com álcool. Deve manter distanciamento de pelo menos dois metros.
5 Para minimizar o contacto com o resto dos moradores, a comunicação deverá ser feita por telemóvel ou outro aparelho.
6
Como limpar a casa?
Quando se convive com uma pessoa infetada, é imprescindível uma limpeza diária exaustiva para evitar novos contágios
A pessoa encarregue da limpeza deve utilizar máscara e luvas.
Deve usar-se uma solução de água com lixívia: Uma parte de desinfetante para 49 de água.
Devem limpar-se diariamente todas as superfícies de contacto frequente : casas de banho, maçanetas das portas, mesas, interruptores, torneiras, telefones e teclados.
As loiças e utensílios de cozinha devem ser lavados preferencialmente na máquina a uma temperatura de 60º.
A roupa da pessoa infetada deve ser lavada em separado, entre os 60º e os 90º, e deve ficar completamente seca.
7
Como eliminar os resíduos?
Os resíduos de uma pessoa infetada podem ser perigosos para os restantes moradores da habitação. O seu tratamento correto pode evitar contágios
Tire a máscara e as luvas, lavando as mãos de seguida.
O lixo deve estar dentro de um saco fechado.
A pessoa infetada deve utilizar uma toalha apenas uma vez e esta deve ser colocada num recipiente próprio.
Quanto tempo sobrevive o vírus fora do corpo humano?
De acordo com um estudo da revista científica “The New England Journal of Medicine”, o tempo em que o vírus permanece ativo depende das condições de temperatura, humidade e do material em causa. Os tempos máximos podem ir de três horas a três dias, mas o facto de o vírus permanecer ativo não quer dizer que tenha carga suficiente para causar infeção.
No ar
3 horas
Gotículas respiratórias expelidas ao respirar, falar, tossir e espirrar
Nas moedas
4 horas
Autoridades de saúde recomendam que se pague com multibanco
No aço inoxidável
3 dias
O vírus pode permanecer nos utensílios de cozinha e nas torneiras
No plástico É um dos materiais no qual o vírus resiste melhor
Infografia: JN / Tiago Coelho