Cibersegurança

"123456" foi a palavra-passe mais utilizada em 2020

"123456" foi a palavra-passe mais utilizada em 2020

Uma nova investigação releva que os hábitos de escolhas de palavras-passe dos utilizadores não mudaram ao longo dos tempo. A sequência de números "123456" e a própria palavra "password" continuam a ser preferência de muitos.

Com milhões de pessoas fechadas em casa em teletrabalho, o ano de 2020 está associado aos apelos para o reforço da segurança online, porém as palavras-passe escolhidas pelos utilizadores continuam fáceis de hackear. Entre as escolhidas, destacam-se "123456789", "password" e "iloveyou".

Entre as duzentas piores palavras-passe, a "123456" foi a mais usada este ano, num total de 2.543.285 pessoas. Demora menos de um segundo a ser decifrada, revela a empresa de gestão de passwords NordPass, citada pela CNN.

Apesar das recomendações dos especialistas de cibersegurança, se compararmos a lista das palavras-passe mais comuns de 2020 com a do ano anterior, é possível comprovar que não há diferenças, mostrando que as pessoas não estão a seguir as recomendações.

Analisada uma base de dados com mais de 275 milhões de palavras-passe, uma empresa especializada em violação de dados informáticos chegou a este top de passwords utilizadas em 2020:

1. 123456
2. 123456789
3. picture1
4. password
5. 12345678
6. 111111
7. 123123
8. 12345
9. 1234567890
10. senha

Neste novo top, as novidades são as palavras "picture1" e "senha", ocupando o terceiro e décimo lugar, respetivamente.

"Tente evitar usar palavras do dicionário, combinações previsíveis de números ou combinações de teclas adjacentes. Em nenhuma circunstância deve utilizar uma palavra-passe baseada em quaisquer detalhes pessoais como o seu número de telemóvel, data de nascimento ou nome", alerta a NordPass. A empresa sugere ainda que cada utilizador deve alterar a palavra-passe de 90 em 90 dias, usando combinações com letras maiúsculas e minúsculas, bem como utilizar palavras-passe diferentes para cada conta.

Outras Notícias