Governo

Anacom "tem que obrigar" empresas a criar condições para haver mais operadores virtuais

Anacom "tem que obrigar" empresas a criar condições para haver mais operadores virtuais

O secretário de Estado Adjunto e das Comunicações afirmou, esta quarta-feira, que "há trabalho para fazer" relativamente aos MVNO (operadores móveis virtuais) e que a Anacom "tem que obrigar" os operadores a criarem condições para que haja mais em Portugal.

Alberto Souto de Miranda falava na comissão parlamentar de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, no âmbito de um requerimento do Bloco de Esquerda "a propósito da concorrência no setor das telecomunicações e os seus efeitos na implementação do 5G em Portugal".

Em termos de operadores móveis virtuais "há trabalho para fazer" em Portugal, afirmou, apontando que o "regulador tem que obrigar os operadores a criarem condições em boa-fé para que apareçam mais MVNO".

O MVNO "é uma forma de fazer concorrentes, permitir que haja mais ofertas diferenciadas por preço e por diferentes funcionalidades", salientou.

"Só temos um MVNO relevante em Portugal, em Espanha há sete", apontou Alberto Souto de Miranda.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG