Digital

António Costa vai defender tributação de gigantes tecnológicos na Web Summit

António Costa vai defender tributação de gigantes tecnológicos na Web Summit

O primeiro-ministro, António Costa, aproveitará a sua presença na Web Summit, quarta-feira, para defender a taxação dos "grandes gigantes do digital", que "não são tributados em sítio nenhum" e fazem "concorrência desleal" às empresas presentes no evento.

Em declarações aos jornalistas portugueses em Praga, no final da reunião do grupo de países "Amigos da Coesão", o primeiro-ministro confirmou que, na quarta-feira, irá falar na Web Summit sobre a "taxação dos grandes gigantes do digital, que geram receitas muito grandes no espaço da União Europeia e que ou não pagam rigorosamente nenhum imposto ou pagam muito poucos impostos" no espaço comunitário.

"Quem está na Web Summit percebe isso perfeitamente porque qualquer startup, qualquer empresa que esteja a investir na área do digital, não deixa de pagar impostos no país onde está. Agora esses gigantes do digital, que ocupam um espaço global como se fosse um espaço de ninguém, e não são tributados em sítio nenhum, fazem manifesta concorrência desleal precisamente a essas pequenas e médias empresas, às startups que estão na Web Summit", avaliou.

Na luta a favor da taxação dos gigantes do digital, uma das maiores aliadas de António Costa tem sido a comissária europeia da Concorrência e futura vice-presidente executiva da Comissão liderada por Ursula Von der Leyen, Margrethe Vestager, que também estará presente na Web Summit.

"Recordo-me de um discurso que a senhora Vestager fez com muita coragem na Web Summit dizendo "é inaceitável que vocês tenham de pagar impostos nos vossos países e os grandes gigantes do digital possam ganhar milhares de milhões de euros na Europa e não pagarem um cêntimo", lembrou, ao mencionar a sua presença naquele evento.