5G

Arranca em Sines a migração das frequências da TDT

Arranca em Sines a migração das frequências da TDT

A alteração da rede de emissores nacional da televisão digital terrestre (TDT) arranca esta sexta-feira em Sines, representando um passo essencial na implementação do 5G (quinta geração móvel).

Segundo um comunicado da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), o emissor de Sines mudará de frequência por volta das 16.30 horas, passando do canal 56 para o 43.

"A partir dessa hora, quem ficar com o televisor sem imagem terá que o sintonizar para voltar a ver televisão normalmente, como sempre aconteceu até aqui", informa o regulador.

"No total, nesta primeira fase, que termina dia 27 de fevereiro, serão alterados 20 emissores, que incluem todos os do Algarve, alguns do Alentejo e o emissor de Sines do distrito de Setúbal. O processo prosseguirá depois para norte, estando prevista a sua conclusão no final de junho", recorda a Anacom.

As pessoas abrangidas pela mudança ficarão sem imagem, sendo que a Anacom indica que "quando o ecrã da televisão ficar negro apenas será necessário fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e todos continuarão a ver televisão gratuitamente, como tem acontecido até agora", garantindo ainda que "é um processo simples".

No dia 27 de novembro do ano passado teve lugar um teste piloto, no emissor Odivelas Centro, em Lisboa.

A Anacom teve ainda "a preocupação de assegurar que não será necessário substituir ou reorientar a antena, trocar a TV ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. No caso dos condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal poderão ter de os substituir", alerta o regulador.

A entidade tem uma linha telefónica de apoio gratuita, criada para o efeito, (800 102 002), que funciona todos os dias entre as 9 e as 22 horas, para a qual as pessoas poderão ligar para esclarecer dúvidas e obter apoio na sintonia da sua televisão.

Caso seja necessário, a Anacom agendará uma visita a casa da pessoa para proceder à sintonia, com técnicos seus e gratuitamente, se o apoio telefónico não conseguir resolver a situação.

A Anacom tem previsto que o início do leilão para a atribuição de licenças 5G decorrerá em abril próximo e que a conclusão dos procedimentos de atribuição será entre junho e agosto.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG