Alexa

Assistente virtual da Amazon vai ler histórias para crianças

Assistente virtual da Amazon vai ler histórias para crianças

A Amazon anunciou, esta terça-feira, que a sua assistente digital Alexa consegue agora ser uma companheira de leitura para crianças, treinando-as quando tiverem dificuldades em pronunciar as palavras.

O recurso "Reading Sidekick" ("Ajudante de leitura", em português), através de altifalantes inteligentes Echo e assinantes do serviço Amazon Kids+, é uma forma de ajudar crianças com idades entre 5 e 10 anos a tornarem-se melhores leitores, de acordo com a empresa com sede em Seattle.

A Alexa vai ler histórias em voz alta para as crianças e, ao mesmo tempo, incentivá-las a participar.

"Com a chegada do Reading Sidekick, temos esperança de tornar a leitura divertida para milhões de crianças, preparando-as para uma vida inteira de aprendizagem e amor pela leitura", disse Marissa Mierow, diretora da Alexa Education and Learning. "A Alexa oferece um espaço acolhedor e sem julgamentos e está sempre pronta a ajudar e a ler".

As assinaturas do serviço Kids+ - que oferece livros, filmes, programas de televisão, aplicações educacionais e jogos - custam a partir de três dólares mensais.

Com o Sidekick, as crianças podem dizer a Alexa que é hora de ler, mencionando o título do livro que querem. À medida que as crianças leem, a Alexa elogia o seu progresso e oferece dicas ao perceber que ficaram presas nas palavras, de acordo com a Amazon.

Se uma criança continuar com dificuldades, Alexa muda para o modo "leia depois de mim".

PUB

Os pais que usarem o serviço poderão saber que livros os filhos estiveram a ler e durante quanto tempo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG