Itália

"Avozinhas" vão ver o mar pela primeira vez graças à Net

"Avozinhas" vão ver o mar pela primeira vez graças à Net

Quando um grupo de idosas italianas não conseguiu reunir o dinheiro necessário para pagar uma viagem até ao mar, a Internet veio ao seu auxílio e pagou-lhes a viagem.

Quem disse que os sonhos têm idade? Um grupo de doze idosas italianas (com uma média de idade que ronda os 80 anos), residente numa pequena aldeia dos Alpes, decidiu unir esforços para cumprir um desejo de longa data: molhar os pés no mar. Muitas nunca viajaram, tirar férias nunca foi uma opção e o mar era uma autêntica miragem. "Só vi o mar uma vez, em 1977", garante uma delas, exceção num grupo de "novatas" no que diz respeito a praias.

Munidas de muita vontade e genica, começaram há um ano a planear a sua viagem e maneiras de conseguir angariar dinheiro suficiente para a concretizar. Começaram por vender bolos nas festas religiosas locais, mas sem grande sucesso... Depois, deixaram os pudores de lado, maquilharam-se (muitas pela primeira vez desde o dia do casamento) e participaram num calendário especial, onde, mês a mês, confessam os seus maiores sonhos (com a ajuda do Photoshop): há quem queira ir a Londres, quem visite a Estátua da Liberdade em balão, quem vá de avião de papel até à Austrália... Mas a ousadia também acabaria por não dar grandes frutos e o dinheiro angariado continuava bem longe do necessário.

PUB

Desalentadas, estas 12 pensionistas (que se auto-apelidam de "Funne", que significa mulheres, em italiano) já pensavam em desistir quando o neto de uma delas deu a ideia: por que não pedir à Internet uma mãozinha? "Não sejas ridículo... Quem é que vai dar dinheiro a um monte de velhotas para irem até à costa?", fol a reação da avó, confessada à BBC.

Mas o certo é que, mesmo como nos contos de fadas, a última solução, inusitava para elas, acabaria por representar a salvação do sonho: muitos leram o apelo do grupo de idosas no site de "crowdfunding" Indiegogo e decidiram contribuir. Em apenas três dias, a iniciativa angariou o dobro dos fundos inicialmente pedidos e permitiu a organização da viagem, bem como a inclusão de mais mulheres (sempre com mais de 60 anos) nesta "road trip" tão especial.

Como forma de agradecimento, o grupo promete enviar postais, calendários, pins e até dar aulas de culinária... Mas, neste momento, já só pensam numa coisa: Croácia, o destino escolhido para a proeza e onde já conseguiram chegar, sãs e salvas, esta semana.

A grande aventura destas mulheres já começou e pode ser seguida através da página de Facebook criada para o efeito (e que não poderia ter um nome mais adequado): "Funne - As raparigas que sonhavam com o mar".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG