Tecnologia

Ban Ki-moon diz que Steve Jobs foi um visionário que mudou o mundo

Ban Ki-moon diz que Steve Jobs foi um visionário que mudou o mundo

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, recordou na quinta-feira Steve Jobs, co-fundador do gigante informático Apple, como um visionário que "acreditava no génio humano" e "mudou o mundo".

Steve Jobs morreu na quarta-feira aos 56 anos, vítima de um cancro no pâncreas.

Em comunicado, citado na quinta-feira pelas agências internacionais, Ban Ki-moon realçou "o homem que via o que os outros não viam e que acreditava no génio humano".

Segundo o responsável máximo da ONU, Jobs ajudou a criar novas ferramentas "que não só melhoraram a vida" das pessoas, mas contribuíram "literalmente" para "mudar o mundo".