Inovação

Cybertruck, a "pick-up" futurista da Tesla que está a dar que falar (por maus motivos)

Cybertruck, a "pick-up" futurista da Tesla que está a dar que falar (por maus motivos)

A Tesla apresentou a sua primeira "pick-up" elétrica, com um design futurista que está a ser alvo de críticas. A cerimónia em Los Angeles, Califórnia, na presença do diretor Elon Musk, também não correu como esperado: os "vidros blindados" partiram-se durante a demonstração.

Quando a Cybertruck entrou em palco, sob os aplausos do público presente, muitos não acreditaram que aquele denso veículo de metal e linhas retas era a tão esperada "pick-up" elétrica da Tesla.

O diretor da empresa, Elon Musk, destacou o design, a potência e a durabilidade da Cybertruck em comparação com as carrinhas todo-o-terreno atuais. Em vez de uma área de cabine fechada para os passageiros e a traseira aberta para mercadorias, o modelo da Tesla surge como um único elemento. O diretor da Tesla sublinhou as capacidades de transporte e reboque, garantindo a performance de um carro desportivo. O material utilizado no fabrico é um tipo de aço também utilizado nos foguetões da SpaceX, o que torna este veículo à prova bala, incluindo munições de 9mm.

E tudo corria de feição a Elon Musk até ao elogio dos "vidros blindados": como demonstração, Franz von Holzhausen, diretor de design da Tesla, bateu no veículo com uma marreta sem causar qualquer dano visível na estrutura. Mas quando lançou uma bola de metal contra as janelas, os vidros ficaram estilhaçados. "Mas [as bolas] não entraram", atirou Elon Musk, apanhado de surpresa pelo sucedido.

Este "falhanço" acabou por "ofuscar" a cerimónia, que estava a ser transmitida em direto pela internet, com a hastag #cybertruck a tornar-se tópico de mensagens na rede social Twitter. E não faltaram críticas ao design futurista do modelo da Tesla.

A Cybertruck tem como preço base 39,9 mil dólares (36 mil euros), ou seja, é apenas dez mil dólares (nove mil euros) mais cara do que o modelo base da Ford F-150. Mas o modelo de topo tem o preço base de 69,9 mil dólares (63 mil euros) e com a opção de "condução autónoma" são mais 7 mil dólares (6,3 mil euros). A Tesla conta iniciar a produção do veículo em 2021.

Para o final da cerimónia, Elon Musk revelou uma surpresa: "Ah, também fizemos um ATV". E surgiu no palco um pequeno veículo elétrico todo-o-terreno de quatro rodas, cujo condutor acionou a abertura da Cybertruck, fazendo descer uma rampa que permitiu a entrada do veículo de quatro rodas.