Redes sociais

De operário a tiktoker mais famoso do mundo: a jornada de Khaby Lame

De operário a tiktoker mais famoso do mundo: a jornada de Khaby Lame

Aos 22 anos, Khaby Lame, imigrante senegalês em Itália, soma uma legião de seguidores no TikTok e no Instagram.

Foi, ao estilo de Mr. Bean, fazendo rir o mundo sem pronunciar uma palavra, que Khaby Lame se tornou no rei do TikTok. Com mais de 142,9 milhões de seguidores, o senegalês destronou, na quarta-feira, a bailarina e criadora de conteúdo adolescente Charli d"Amelio, de 18 anos, e é agora a pessoa com mais audiência na plataforma, conhecida pelos vídeos curtos com recurso a música, filtros e efeitos, que lavrou terreno durante o confinamento e, em Portugal, ganhou meio milhão de novos utilizadores.

A icónica linguagem corporal de Khaby Lame em vídeos curtos de reação a truques absurdos que são vistos na Internet, muitos dos quais gravados por outros tiktokers, deixou seguidores de todo o mundo rendidos ao humor característico do jovem de 22 anos, acumulando milhões de visualizações em cada publicação.

Nascido no Senegal e a viver em Itália há duas décadas, Khaby Lame era mais um operário de uma fábrica em Chivasso, no norte do país, nos primeiros dias da pandemia, em 2020. Depois de perder o emprego, Lame regressou para a casa da família e, em vez de começar a procurar emprego, como era a vontade do pai, iniciou-se no TikTok por pura diversão. Inspirado por atores como Omar Sy, Will Smith, Eddie Murphy e alguns desenhos animados, o senegalês adotou um estilo único: passou a aproveitar vídeos virais que apresentavam formas alternativas de realizar tarefas desnecessárias e ridiculamente complicadas, respondendo com vídeos em que, sem falar, mostrava maneiras muito mais simples de as cumprir. Coisas do quotidiano como cortar uma fatia de pizza ou descascar uma banana. No fim, faz uma careta e aponta para a solução arranjada, como que dizendo "pronto, é isto."

No início, começou a gravar com um telemóvel antigo que apoiava numa garrafa de plástico, com uma iluminação precária, mas, poucas semanas depois, o sucesso que conseguiu, por diversão e sem outra pretensão que não fosse fazer rir, trouxe-lhe mais seguidores e melhor equipamento. Do TikTok, deu o salto para o Instagram, onde tem uma legião de mais de 78,4 milhões de seguidores.

PUB

Quando, no ano passado, ultrapassou os 100 milhões de seguidores no TikTok, Lame divulgou um comunicado em que garantia continuar a seguir a paixão de criança: entreter e fazer as pessoas rirem. "Vou continuar a trabalhar para realizar todos os meus sonhos e sei que conto com vocês que estão sempre prontos para torcer por mim. Vocês são uma comunidade linda. Amo todos vocês, obrigado!", disse na altura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG