Jogos

Fortnite banido da loja de aplicações da Apple até ao fim da batalha legal

Fortnite banido da loja de aplicações da Apple até ao fim da batalha legal

O popular jogo Fortnite não vai estar disponível na App Store até ao final da batalha judicial entre a Apple e Epic Games.

A notícia foi adiantada por Tim Sweeney, CEO da empresa criadora do jogo, no Twitter.

"A Apple passou um ano a dizer ao mundo, ao tribunal e à imprensa que 'acolheria com prazer o regresso da Epic à App Store se concordasse em seguir as mesmas regras que todos os outros'", escreveu Sweeney. No entanto, "na noite de ontem, a Apple informou a Epic de que o Fortnite será colocado na lista negra do ecossistema da Apple até o esgotamento de todos os recursos judiciais, o que pode durar até cinco anos. Este é outro movimento anticompetitivo da Apple, demonstrando o seu poder de remodelar mercados e escolher vencedores e perdedores".

Desta forma, explica a BBC, a aplicação não vai estar disponível para novos utilizadores. Por sua vez, as pessoas que já tinham o jogo nos seus dispositivos Apple poderão continuar a jogar, mas não poderão atualizá-lo.

Conflito já dura há um ano

O Fortnite foi originalmente removido da App Store, no ano passado, por violar as políticas ao lançar o seu próprio sistema de pagamentos na aplicação. A Apple cobra uma comissão de 30% sobre todas as compras em aplicações, mas esse recurso tentou contornar esta política.

PUB

A medida desencadeou uma batalha legal, tendo a Epic Games acusado a Apple de administrar a App Store como um monopólio. Em setembro, um tribunal dos EUA decidiu que a Apple não poderia impedir os criadores de aplicações de direcionar os utilizadores a opções de pagamento de terceiros. Por outro lado, o juiz também determinou que a Epic Games não conseguiu demonstrar que a Apple operava um monopólio ilegal.

Ambas as partes avançaram com recursos judiciais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG