Exclusivo

Funcionalidade do Facebook acaba mas vendedores podem continuar a fazer diretos

Funcionalidade do Facebook acaba mas vendedores podem continuar a fazer diretos

Deixou de estar disponível a partir deste sábado a funcionalidade de compras em direto no Facebook. Isto significa que os vendedores vão deixar de poder identificar produtos nas transmissões ao vivo e de remeter o público para as páginas do negócio.

As vendas em direto nas redes sociais popularizaram-se durante a pandemia de covid-19 e foram a tábua de salvação para muitos lojistas que viram a sua faturação multiplicar. Por isso, não é de estranhar que o anúncio, no início de agosto, de que as vendas no Facebook iriam acabar tenha caído que nem uma bomba e deixado os vendedores em alvoroço.

No entanto, tudo não passou de um mal-entendido. Isto porque, ao contrário daquilo que foi noticiado erroneamente, as vendas através dos diretos vão continuar. A única diferença é que as listas de reprodução de produtos, assim como a identificação dos mesmos, vão deixar de ser uma opção nas transmissões ao vivo. Como explicou em comunicado a Meta (detentora do Facebook), vai deixar de ser possível organizar "qualquer evento novo ou agendado de compras em direto no Facebook". Mas as pessoas vão poder continuar a usar o "Facebook Live" para transmitir eventos em direto, nomeadamente para promover os seus produtos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG