Tecnologia

Google Earth mostra a evolução da Terra nos últimos 37 anos

Google Earth mostra a evolução da Terra nos últimos 37 anos

O Google Earth, no ano em que comemora o seu 16.º aniversário, anunciou a maior atualização desde 2017. Agora, num recurso designado "Timelapse", é possível observar imagens que ilustram a mudança da Terra ao longo de várias décadas devido às alterações climáticas e ao comportamento humano.

A ferramenta, que resulta de uma colaboração entre a gigante de Mountain View, a Agência Espacial Europeia, a NASA, Comissão Europeia e o United States Geological Survey, contém 24 milhões de fotos de satélite captadas de 1984 a 2020 numa experiência interativa em 4D.

De acordo com o Google, para concluir este novo recurso, foram precisas, ao todo, mais de dois milhões de horas de processamento para conseguir encaixar 20 petabytes "num único mosaico de vídeo" de 4,4 terapixels, o equivalente a 530 mil vídeos em resolução 4K. "Até onde sabemos, o timelapse no Google Earth é o maior vídeo do planeta, do nosso planeta", revelou o Google.

É de recordar que, principalmente na última metade do século, o nosso planeta foi alvo de várias mudanças climáticas - mais do que em qualquer outro momento da história humana. Contudo, segundo a empresa, esta nova funcionalidade não permite ver apenas problemas, "mas também soluções, bem como fenómenos naturais incrivelmente belos que se desenvolvem ao longo de décadas".

Para explorar o Timelapse no Google Earth, apenas necessita de aceder ao site e utilizar a barra de pesquisa para escolher qual parte do planeta deseja ver. Além disso, a empresa oferece ainda outra funcionalidade - a plataforma de storytelling, Voyager, para viagens interativas guiadas. Também foram carregados mais de 800 vídeos Timelapse em 2D e 3D para uso público.

Em colaboração com os seus parceiros, a empresa pretende atualizar a nova funcionalidade do Google Earth anualmente durante os próximos 10 anos. A esperança é que o Timelapse inspire os cidadãos a agir: "Esperamos que esta perspetiva do planeta dê origem a debates, incentive à descoberta e mude pontos de vista sobre alguns dos nossos maiores problemas globais", pode ler-se no comunicado divulgado pela empresa.

PUB

Benidorm:

Dubai:

Vigo:

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG